Escolha uma Página

Mundo 3.0: Horizontal, multidisciplinar, colaborativo e descentralizado.

Quando montei o cenário para o Painel Mundo 3.0, estava pensando na minha experiência profissional. Na grande maioria das empresas que visito, o ambiente não é propício. A maior parte dos empresários considera que “a empresa” é uma entidade viva. Não é. A empresa é um ambiente. Um ecossistema. Dentro desse ambiente, estão os organismos vivos, as pessoas, que fazem funcionar esse ecossistema. E o transformam em algo “vivo”. Quanto maior a fluidez desse ambiente, quanto mais as pessoas se sentirem bem e encontrarem oportunidade para crescimento pessoal, mais crescerá o ecossistema. Absorvendo cada vez mais novos organismos vivos e, dessa forma, se tornando um ecossistema cada vez mais complexo. Então, repito: a maioria das empresas não cuida do seu ambiente. Está esmagada com hierarquia rígida, ambientes controlados, horários e prazos que são traçados por quem não vai fazer o trabalho. Empresas do século XX, que não consideram as mudanças que atuam sobre seus colaboradores e ainda utilizam formas de mensuração de resultados e avaliações literalmente do século passado. Foi o contraste entre esses cenários, o que eu vejo na maioria das empresas e o que já está acontecendo no mundo, que me levaram a pensar em um painel sobre o Mundo 3.0. Que pudesse oferecer uma grande colagem dos caminhos, técnicas, pensamentos e mentes alinhados com o século XXI e as complexidades de um mundo super populado e com os relacionamentos globalizados. Depois que escrevi o cenário do Painel, procurei validá-lo com as pessoas que me mostraram esse caminho de pensamento. O apoio foi geral, servindo de incentivo para levar o projeto para frente. Após aprová-lo com a Coordenação Geral do Rio Info, iniciei a montagem desse mosaico de complicações e soluções para um mundo de mais de sete bilhões de pessoas. A busca pelos palestrantes passava por encontrar eco nas pessoas sobre o cenário montado e as necessidades que devem ser atendidas, por empresas e profissionais, para buscar o sucesso num mundo tão complexo como o nosso. Em transição, com uma revolução cognitiva e que ainda não é vista por muitos. Um mundo veloz, onde o conceito de individualidade e privacidade mudou completamente. Onde a comunicação e a disponibilidade ultrapassaram todos os limites conhecidos. Reunido o grupo de palestrantes discutimos, durante meses, como montar um Painel tão complexo. Como encadear as temáticas? Deveríamos ter uma continuidade? Um roteiro? Uma palestra deveria ser continuidade da outra? Optamos por separar. Blocar. Cada palestra, com a sua própria unidade, e procurando tocar em todas as quatro temáticas-chave (pilares) que o cenário citava: Comunicação, Design, Sustentabilidade e TI. A característica de cada palestrante ajudou a reforçar o cenário múltiplo que o Painel pedia. Do filósofo, escritor e consultor Carlos Nascimento ao Growth Hacker e profissional de mercado Raphael Lassance. Tivemos profissionais atuantes em vários mercados. Edmour Saiani, profissional de mercado, influente consultor de varejo. Julianna Antunes, acadêmica e profissional de mercado, especialista em sustentabilidade e economia circular. Bruno Mendonça, profissional de mercado, Growth Hacker e especialista em distribuição de conteúdo. Luciana Telles, profissional de mercado em marketing e TI, atuando na área de Fitness. Uma das que mais cresce na aplicação de TI. Mônica Fuchshuber, designer e ilustradora, demonstrando como valorizar a sua marca e seus produtos pela utilização de imagens licenciadas, conferindo características diferenciadas a produtos e interfaces. Paulo Amendoeira, designer e consultor, falando que a utilização da TI nas estratégias de marketing é ponto fundamental quando se tem por foco o cliente. Cora Rónai, uma das mais atuantes jornalistas brasileiras na área de tecnologia, que nos brindou com a sua ilustre presença. Ela veio para uma conversa sobre a influência do mobile na nossa vida pelos últimos 30 anos e onde isso poderá chegar.   Norma da Matta, consultora, nos falou sobre como a empresa deve estar preparada para atender o cliente que chega pelos canais mobile, que tipo de cliente e que tipo de demanda de atendimento ele tem. Tivemos, também, a apresentação de um app que será lançado em breve, o Papelada, com um conceito de caixa postal digital, para eliminar papel e simplificar a vida das pessoas. Um app extremamente relacionado com as complicações que temos de contornar em um mundo de sete bilhões de pessoas. Foram doze palestrantes, em sete horas de Painel, falando, explicando, expondo suas ações e ideias. Pessoas que têm conseguido crescer e construir em tempos complicados no mundo, e especialmente no Brasil. Pessoas de ideias e visão comprometidas com um comportamento do século XXI. Horizontal, multidisciplinar, colaborativo e descentralizado. A alta concentração de pessoas e ideias em um período tão curto poderia causar problemas, ainda mais quando estão reunidas pessoas que têm o seu espaço profissional já bem definido e muito conteúdo para compartilhar. Compactar essas pessoas em uma média de vinte minutos cada é difícil. Foi difícil! Mas todos demonstraram muito comprometimento com o formato e com o cenário que definia o Painel. A participação de todos em cada um dos Painéis e a atenção para não estourar – muito – o seu tempo, sem deixar de derramar o máximo de experiência e conhecimento. Isso foi ótimo de assistir! Todos chegaram bem antes do seu horário e saíram praticamente no final do evento, com raras e explicadas exceções. A interação com o público foi constante chegando, em alguns casos, a mudar o rumo da palestra. O Mundo 3.0, por decisão unânime de todos os participantes e que continuam trocando ideias juntos, não vai parar no Rio Info. Será um projeto de longo prazo visando sempre expandir esse cenário e tentar trazer, ao máximo, empresários, empreendedores e profissionais para o século XXI. Não somente em tecnologia. Mas, principalmente, em comportamento. Na maneira de entender seu negócio, de lidar com suas equipes, de formar seu ambiente. Seu Ecossistema. Em breve, o Mundo 3.0 estará novamente chamando o público para mais uma sequência alucinante de troca de ideias. Fique preparado! Para quem não assistiu, todas as palestras foram transmitidas ao vivo pelo Facebook e estão disponíveis na página do Projeto: Mundo 3.0 Esse artigo saiu primeiro na Revista Timaior , na edição de agosto/2016.

QUER CONVERSAR SOBRE ESSE TEMA? FALE CONOSCO

Pin It on Pinterest

Share This